segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Fotos Tiradas com refletores de 114mm/4.5"

Eu queria começar a  mostrar fotos de telescópios refletores, pelos de 76mm, mas esses telescópios são usados muito pouco para Astrofotografia e a verdade é que não achei nada digno para este tipo de telescópio. Já para refletores de 114mm, é possível achar muita coisa boa.

Lembro que algumas fotos mostradas são tiradas por astrofotógrafos experientes, com conhecimento em processamento e com os acessórios corretos, como uma boa câmera fixada ao telescópio e uma montagem com acompanhamento. Por isso não espere adquirir qualquer refletor de 114mm e semana que vem aparecer com fotos como a que eu mostrarei abaixo. Além disso, a qualidade ótica vária de equipamento para equipamento.


O argentino Israel Battistone conseguiu essa impressionante imagem de Júpiter com um refletor 114m F8, uma ocular SMA de 10mm, Barlow 2x e uma câmera Canon A540. A montagem foi uma EQ1. A foto é fruto de cerca de 30 frames processados no Registax. Essa é uma das melhores imagens que se pode ter com um telescópio desses. Com certeza não foi fácil. Eu achei outras fotos de Júpiter com esse nível de detalhes o que prova que é possível arrancar algo assim com um 114mm de boa qualidade ótica e a câmara certa (uma SPC900nc ou Toucam).


Essa de Saturno foi tirada com um Celestron Astromaster 114mm e uma Canon A3100 IS. A imagem foi processada no Registax e no Gimp, O autor foi Shropshire lad (apelido). Eu não achei nada de Saturno comparável com a imagem de júpiter acima.


Essa imagem de Marte, a única que achei para um refletor de 114mm foi tirada por Jeb Mayers, com um Tasco Luminova 114mF900 e uma Canon Powershot G5. É possível perceber levemente as calotas polares do planeta.


Gunter (apelido de um usuário do fórum do Astronomy.com), conseguiu essa imagem de Vênus com sua câmera Kodak EasyShare em seu refletor de 114mm.


Com um Meade 114mm e uma Phillips Toucan Pro II Christopher Dignan conseguiu essa boa  imagem da Cratera Platão, na Lua.


Se colocados numa boa montagem e com uma boa câmera, mesmo os telescópios mais baratos, quando possuem um ótica pelo menos aceitável, são capazes de gerar boas imagens. Usando um Orion Starblast, o modesto telescópio da foto abaixo, mas sobre uma montagem LXD55 (me parece equivalente a uma EQ-3 com Sys Scan) e uma Meade DSI, :John McSorley conseguiu a excelente imagem da Nebulosa de Orion (M42) que você vê acima. Para esta foto McSorley empilhou 22 frames de 30 segundos.



O Orion Starblast com seus 113mm

8 comentários:

  1. o que dá pra ver com 200mm?

    ResponderExcluir
  2. Tenho uma Cãmera Canon powershot Sx 230 hs, e um telescópio Celestron refletor 114mm, mas não consigo tirar fotos. Como é que você faz?

    ResponderExcluir
  3. Willian acho que vc vai precisar de um adaptador para conectar a câmera ao telescópio, como este:

    http://astroshop.com.br/produto.asp?CodProd=STEADYD

    Para tirar fotos de céu profundo também e aconselhavel acompanhamento. Se possível, uma montagem robusta.

    ResponderExcluir
  4. Rodrigo, meus cumprimentos pelo seu excelente trabalho, vamos nesse embalo. Tenho um skywatcher 200mm e montagem EQ5 com a motorização eq5DriveSkyW do armazém do telescópio mas não sei alinhar ainda, canon T3i com adaptador para 2" e algumas oculares, barlow 2x 1.25 e esperando 2x 2" e uma nextimage USB, mas conforme aprendi lendo suas postagens que são ótimas esse set não é ideal para deep sky e já me convenci disso. Essa EQ5 serve para um refrator 150mm com guiagem pela nextimage e mais a T3i mesmo com esse peso correto? Você recomendaria um 150 mm, qual fabricante, e qual poderia usar como guiagem junto com a nextimagem? Penso eu que essa montagem de motor. em um eixo apenas não vai ajudar muito não é, o que vc sugere? Desculpe o abuso rsss.... Obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Eldio, após quase dois anos de experiência e aprender muito com meus erros,eu recomendária duas coisas:
    1. tire o telescópio de cima da montagem Coloque a câmera sobre ela. Se tiver condições, compra uma lente entre 70 e 200mm e tire fotos com ela. Vai conseguir resultados incríveis, principalmente com lentes de distância focal menores, como F2.8
    2. Tente também usar seu equipamento do jeito que está. Eu já consegui tirar fotos de céu profundo até com um telescópio de 11 polegadas com a minha CG-5. Não foi fácil, não podíamos nem respirar perto do telescópio, mas conseguimos. Sim, o recomendado é um tele menor, mas pode ser possível tirar boas fotos com o seu tele. Veja a minha foto com o C11 sobre a CG-5:

    http://andolfato.blogspot.com.br/search/label/Celestron%20C11

    ResponderExcluir
  6. Blz. amigo Rodrigo, gostei muito desta espalanação,, eu tenho um tele de 114mm eq1 sem motor, ja fiz uma foto do orion em um só clique camera Benq C1450, até achei legal, mas nem se compara. Agora to com uma camera canon Sx200is e com chdk peguei seu tutoiral, graças ao amigo Tiago Motta, e agora é so fotografar.. to partindo para um telel de 130mm da celestron Slt goto, creio que as astrofotos irão melhorar muito..Mas como já mencionou comprar tele aqui é ferá a diferença de preço e muito grande, e sempre compro oculares, filtros, etc na agenaastro.com, sempre veio certinho sem taxas, mas um tele ai o bicho pega a taxa aqui no Brasil é de 60% do valor do produto.. um grande abraço e parabens pelo Blog. Att. Renato

    ResponderExcluir
  7. Rodrigo,
    Tirei uma foto recentemente de Júpiter com meu refletor 114mm (Skywatcher) e postei neste endereço:
    http://www.apolo11.com/fotos.php?foto=dat_20121211-001932.inc&offset
    Gostaria que desse uma olhada na imagem e me dissesse se ficou razoavelmente boa.

    Att.
    Anderson Duarte.

    ResponderExcluir
  8. A minha de Marte então não está tão ruim com o um Órion 114m

    ResponderExcluir

Eu tenho me esforçado para responder todos os comentários, mas posso demorar um pouco, ou mesmo esquecer algum. Por isso, peço paciência e não fiquem constrangidos de me darem um toque, caso eu esteja demorando demais.