quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Nebulosa Cabeça de Cavalo da varanda do apartamento: A Atik 314L+ mostra a sua força



Sim, era para eu estar de férias, mas bastou eu empacotar minhas coisas no domingo à noite que o céu resolveu abrir completamente aqui em Brasília. Eu andava meio inconformado com isso, mas ontem, mesmo chegando em casa depois das onze da noite por causa de um curso, resolvi parar de me lamentar, desempacotar tudo e tentar umas fotos. Dessa vez não foi com a Canon T2i, mas com a Atik 314L+, que um amigo meu trouxe dos Estados Unidos e pela qual eu tenho enorme expectativa para 2013. Eu também usei um filtro h-alpha de 7.5nm, o que teoricamente, aliado a uma CCD monocromática, daria ótimos resultados.

E realmente o setup não decepcionou, pelo contrário, superou todas as minhas expectativas. Bastaram apenas 60 segundos de exposição com a lente de 135mm para que eu conseguisse uma imagem bem definida da nebulosa cabeça do cavalo. Fiz 42 frames e empilhei tudo no DSS. Não fiz nem darks nem flats frames. Já escutei que a Atik 314L+ é tão boa que muitas vezes isso não é preciso. E como disse no post anterior, uma lente de relação abertura distância focal F2.5 absorve luz 8 vezes mais rápido do que meu telescópio F7.1. Essa imagem, com um filtro de banda estreita, com frames de apenas um minuto de duração, comprova isso. 

Para juntar a Atik 314L a uma lente de câmeras Canon, estou usando um adaptador da Geoptik. Ele custou 120 Euros e mais 40 de frete. Para minha infelicidade, foi entregue pela UPS, que arranca até as nossas calças de tanta taxa que cobra na hora de entregar a encomenda. Apesar disso, estou muito satisfeito com esse adaptador, pois ele cumpre muito bem a função, conecta o setup ao tripé e, o melhor de tudo, permite rosquear um filtro astronómico na lente, que pode ser trocado sem se retirar a câmera, somente a lente sai. Acho que valeu muito a pena o investimento.

Também tenho que dizer que adorei utilizar a Atik 314L+. O programa de captura Artemis, que vem com o CD da 314L é simples e muito intuitivo. Configurei o programa para manter a câmera na temperatura de 5 graus e ela manteve-se nessa temperatura a noite toda, o que é fabuloso.

Antes de dormir, também fiz algumas imagens da Nebulosa da Rosetta. Esta foi um pouco mais difícil por que o céu começou a nublar, e isso sempre provoca uma queda de qualidade nas imagens, mesmo assim a imagem ficou interessante e merece ser publicada.


Eu sentia que estava devendo uma imagem realmente boa, mesmo daqui do meu apartamento. E fechar o ano com essa imagem da Nebulosa Cabeça do Cavalo mostra aos leitores deste blog que 2013 promete. Mas para frente vou começar a usar os filtros coloridos e os outros de banda estreita e tenho certeza que muita coisa legal vai aparecer por aqui.

14 comentários:

  1. Parabéns Rodrigo, ficaram muito boas. Estou aqui pensando se vc já conseguiu da janela de seu ap essas imagens com esse seu novo brinquedo e usando apenas as lentes adaptadas imagina em um local muito mais apropriado e ou com telescópio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adicionando....

      O monocromático deu um show a parte nestas fotos.

      Excluir
    2. Valeu Eldio, também estou doido para fotos num céu escuro!

      Excluir
  2. Parabéns pelo novo equipamento. Como disse o Eldio, quando começar a brincar mais sério os resultados com certeza ficarão show de bola!

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Victor! Também não vejo a hora de brincar mais a sério, rsss!

      Excluir
  3. Parabéns Rodrigo! Show de bola essa Atik 314 L+! Imagina o que vem por aí! Mal posso esperar pelos resultados em locais e condições melhores e tb do EBA deste ano! Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Tarcísio, eu também estou muito otimista!

      Excluir
  4. Oi Rodrigo, parabéns pelas fotos, com CCD tem-se um salto de qualidade. Abraços, Luiz Duczmal

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelas fotos! Impressionante para uma varanda no meio de águas claras...Uma dúvida Rodrigo..como vc realiza o alinhamento polar da varanda do seu apartamento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Eduardo. Quanto ao alinhamento faço mais é na prática mesmo. De tanto fotografar fui vendo a posição certa do tripé. Quando Estou fora é um pouco mais complicado, mas estou aprendendo a alinhar o telescópio ou a câmera com o centro de rotação da montagem e aponto para o pólo Sul. Ainda estou dominando esta técnica, mas parece muito boa. Quando eu voltar de férias quero fazer um post explicando isso melhor.

      Excluir
  6. Poxa Rodrigo isso seria muito bom pois eu sou um zero a esquerda rsss.. em alinhamento e realmente acredito que só a prática do dia a dia é que vai dar essa rapidez ou agilidade em ajustar o alinhamento correto. Mas umas dicas não seria nada mal não.
    Abraço e obrigado.

    ResponderExcluir
  7. c pode visite meu blog e novo ta kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Eu tenho me esforçado para responder todos os comentários, mas posso demorar um pouco, ou mesmo esquecer algum. Por isso, peço paciência e não fiquem constrangidos de me darem um toque, caso eu esteja demorando demais.