sexta-feira, 24 de abril de 2015

O Lado triste da Astrofotografia Amadora



Nem tudo são flores na Astrofotografia Amadora, e não estou falando da dificuldade de se adquirir equipamentos do exterior, dos impostos cobrados ou das dificuldades impostas pelo clima tropical. A Astrofotografia Amadora, principalmente nesta época de enorme popularidade das redes sociais, possui um problema que acho que é mais sério do que todos os outros e que preciso debater com vocês, por mais que seja um assunto chato: a fraude, ou talvez seja melhor dizer, a trapaça praticada por algumas pessoas desonestas em busca de crédito por algo que elas não são capazes ou de fazer, ou não tem força de vontade para isso.

Pode parecer incrível que em uma área que não traz compensações financeiras mesmo a seus melhores praticantes, muito pelo contrário, estes na maioria das vezes são os que mais gastam, existam pessoas que usem de meios desonestos para fazer seus registros parecerem melhores do que eles podem conseguir com seu equipamento ou talento. Mas com as redes sociais cada vez mais presentes na vida das pessoas, muitos astrofotógrafos tem ganho enorme visibilidade nas comunidades e grupos voltados à Astronomia Amadora. E o ser humano é uma criatura complexa, não é atraído somente por dinheiro. Receber atenção, elogios, ter o seu nome sendo divulgado, o seu perfil procurado, entre outras coisas, é algo que pode atrair as pessoas tanto quanto recompensas monetárias. É aí que surgem aqueles que querem pegar os chamados "atalhos" para ter seu nome elevado na internet.

Quem entende do assunto sabe que produzir astrofotos de qualidade não é fácil. Exige um investimento financeiro em equipamentos e enorme dedicação para o domínio das técnicas de captura. Para mim são desafios apaixonantes e nunca me importei em gastar tempo e, na maioria das vezes, dinheiro com isso. Sempre considerei as noites astrofotográficas como uma verdadeira terapia e essa é pra mim a maior recompensa. Mas infelizmente, alguns só estão interessados em chamar a atenção, em publicar fotos bonitas e receber inúmeros likes, não importa de que forma.

A forma mais ridiculamente fácil de trapacear em astrofotografia é simplesmente pegar uma astrofoto bem feita na internet, colocar o seu nome nela e dizer que foi você que tirou. Este também é o caso mais comum. Normalmente é o mais fácil de identificar, pois com uma boa pesquisa na internet acabamos encontrando a imagem original.

Um pouco mais elaborado são casos em que a pessoa antes de publicar a imagem de outro astrofotógrafo como sua, num programa de edição de imagens, realiza alterações no contraste, cores, enquadramento, entre outros, para que a imagem não fique exatamente igual a que foi copiada. Isto torna um pouco mais difícil encontrar a imagem verdadeira, mas não é impossível e astrofotógrafos que acompanhem muito o trabalho dos colegas podem até perceber imediatamente a fraude, identificando o autor verdadeiro.

Essas duas primeiras "técnicas" geralmente são feitas por pessoas que praticaram pouquíssima astrofotografia ou mesmo jamais chegaram a ter uma noite de captura. Com um pouco de conversa é possível ver que o susposto astrofotógrafo não entende muito do assunto. É comum, quando perguntado sobre qual seria o equipamento ou método usado, apresentarem respostas que já deixam um astrofotógrafo com alguma experiência em modo de alerta.

Mas Existe um método de fraude bem mais complexo: O cara pega a sua imagem e adiciona a ela dados de registros superiores. Este tipo de fraude tem a diferença de ser feito por pessoas que realmente praticam astrofotografia, muitas vezes até por astrofotógrafos bastante avançados e, dependendo da sutileza, do trabalho do farsante, é bastante difícil de se identificar.

Neste ano, infelizmente, eu já vi algumas fraudes preocupantes em Astrofotografia. Primeiro foi um rapaz que surgiu com uma foto em que um avião era flagrado passando na frente da Lua. Este tipo de foto costuma fazer muito sucesso, já que exige uma boa dose de sorte e um razoável domínio do equipamento para ser feita. Eu desconfiei desta foto, fiz alguns testes, procurei uma igual no Google, mas acabei não identificado qualquer fraude. Pode até ser que esta imagem fosse autentica, mas o mesmo autor logo começou a aparecer com incríveis imagens feitas com um telescópio refletor de 114mm sobre uma montagem EQ1. Eram registros superiores a feitos com telescópios muito, mas muito mais caros mesmo, em montagens muito mais avançadas e por astrofotógrafos com anos de experiência. Em pouco tempo o rapaz tinha ganho o apelido de "Mito" e sua montagem era comumente chamada de "a EQ1 benzida".

Mas num belo dia resolvi dar uma olhada mais atenta às imagens do rapaz e percebi que elas não tinham somente uma qualidade sobremaneira em relação ao que outros astrofotógrafos conseguiam ou em relação o que eu julgava possível com o equipamento que ele dispunha. Uma delas, de uma nebulosa que quase nenhum brasileiro havia registrado, particularmente me chamou a atenção. Ela ofendia a lógica da óptica, misturando estrelas fora de foco e deformadas, principalmente nas bordas, com estrelas superpontuais espalhadas por todos os lados da imagem. Eu resolvi realizar uma pesquisa na internet e não demorei a encontrar a imagem que o rapaz havia usado para completar a sua. A única coisa que era dele eram estrelas borradas e fora de foco, todo o resto havia sido produzido por um astrofotógrafo estrangeiro com um equipamento muitíssimo superior e com a técnica de mosaíco. Ou seja, a imagem verdadeira não era apenas uma foto, mas o soma de várias. Este rapaz fez a captura com o equipamento que tinha disponível, mas em sua imagem provavelmente só conseguiu capturar algumas estrelas, sem detalhes da nebulosa, então foi no Google procurar algo que pudesse "turbinar" o seu registro.

Eu logo fiz a denúncia no principal grupo de Astrofotografia Amadora no Facebook e quando confrontado a provar sua inocência, o farsante saiu do grupo afirmando que havia sido expulso sem chance para se defender. O mais triste é que era alguém que tinha talento para astrofotografia e estava com um blog interessante, mostrando que sabia escrever, mas infelizmente decidiu pelo caminho mais fácil.

Mas ir pelo caminho mais fácil, ao contrário do que alguns podem pensar, não é uma característica só de Brasileiros. Dias atrás, me chamou a atenção uma estrangeira, não lembro de que país, que partilhava imagens muito bonitas, com o nome dela escrito nas imagens, mas nos comentários de um dos posts dela havia a denúncia de que tratava-se de uma cópia, com ajustes de contraste e cor, inclusive com o link para a imagem original. Uma olhada com mais atenção no perfil mostrava que a maioria das imagens dela eram pra lá de suspeitas. Inclusive, quando questionada sobre qual equipamento ela havia utilizado, apresentou a foto de um setup bastante improvável. Ela não demorou a excluir estes comentários e outros que a criticavam por este comportamento. Alguns dias depois, ela deletou esta e mais dezenas de fotos de seu perfil, retirando as que tinham seu nome, mas ainda mantendo várias sem qualquer referência aos autores originais.

Faz alguns anos, num caso que não acompanhei, um astrofotógrafo amador tido como um dos melhores do mundo foi descoberto utilizando dados de observatórios profissionais para dar um upgrade em seus registros. Estes são com certeza os piores casos, quando astrofotógrafos realmente experientes decidem trapacear. É preciso um astrofotógrafo muito experiente para identificar a fraude. E o que leva alguém já renomado a  recorrer a este tipo de atitude? Provavelmente a ânsia de mostrar sempre melhores resultados e corresponder às expectativas das pessoas que acompanham o seu trabalho.

Essas fraudes, de astrofotógrafos muito experientes, podem levar anos para serem descobertas, ou mesmo talvez existam ainda astrofotógrafos publicando imagens trapaceiras por aí que jamais serão reveladas. O que me preocupa muito.

Vale lembrar que não existe trapaça se você usa dados de outras imagens, mas dá o devido crédito aos astrofotógrafos responsáveis por elas. É claro que existe um limite de bom senso. Pegar uma imagem de Rogélio Bernal Andreo juntar com uma captura feita com uma Cybershot e poucos segundos de exposição e dizer: " - Olha a imagem que eu e o Rogélio fizemos" não é bem o que podemos chamar de trabalho em grupo. O acréscimo de dados em imagens só é válido quando o resultado final é superior ou transmite informações que nenhuma das imagens usadas apresentava sozinha.

Por outro lado, pegar a imagem de um astrofotógrafo, principalmente quando muito melhor do que a sua, misturar as duas para que o resultado seja muito superior a sua, mas inferior a do outro e não mencionar isso na imagem ou na descrição do post é sim uma fraude.
O mais chato nessa história é que astrofotógrafos mais experientes conseguem identificar rapidamente as fraudes mais simples, seja por conhecimento ou por estar informados sobre o caso, mas o público leigo raramente percebe que se tratam de imagens mentirosas. Nesse aspecto, as maiores vítimas são aqueles que desejam entrar na astrofotografia e acabam alimentando falsas expectativas, principalmente quando o falsário pública imagens que são muito superiores ao que se conseguiria com o equipamento que ele afirma ter usado na captura. Isso pode muitas vezes levar a grandes frustrações quem acredita que será capaz de produzir os mesmos resultados de forma honesta e investe em equipamentos semelhantes.

Hoje, infelizmente, eu sou obrigado a ver todo novo astrofotógrafo que surge com certa desconfiança, até que eu tenha certeza da veracidade de suas imagens e de seu conhecimento na área. Mesmo assim não arrisco mais dizer que tenho certeza que todos os astrofotógrafos que admiro no Brasil ou no Mundo são honestos. Talvez entre eles ainda exista alguma maça podre, esperando que um outro astrofotógrafo, provavelmente mais entendido do assunto do que eu, perceba a fraude. Isso é muito chato. Acredito que alguns astrofotógrafos também devem ter suspeitado de algumas imagens minhas, principalmente quando houve pulos de qualidade nos meus registros. Mas vale lembrar que estes pulos sempre vieram acompanhados de mudanças expressivas de equipamentos. Mas esse tipo de suspeita pra mim na verdade sempre foi motivo de orgulho e eu recebia qualquer comentário desconfiado com risadas e a alegria de quem recebeu um elogio. Além disso, quatro anos de posts, centenas de imagens publicadas, dezenas de equipamentos adquiridos, muitos bons, outros nem tanto,  e a participação em quatro Encontros Brasileiros de Astrofotografia, fotografando ao lado dos melhores do Brasil, me deram uma base sólida contra qualquer suspeita contra o meu trabalho.

Enquanto isso, seguem algumas dicas que podem ajudar mesmo um leigo em Astrofotografia a detectar um falsário:
  •  Preste atenção dos comentários dos posts. Veja se aparecem dúvidas em relação ao trabalho. Se estes comentários forem respondidos com respostas técnicas corretas e se elas satisfazerem os contestantes, tudo bem, mas se você acompanhar o post e perceber que com o tempo comentários vão sendo deletados sem serem respondidos, é um péssimo sinal.
  • Procure investigar o trabalho anterior do astrofotógrafo, veja se ele tem documentado a sua linha de aprendizagem, com suas primeiras imagens. Veja se nelas é possível notar a evolução de sua qualidade em capturar e processar imagens.
  • - Se você não entende de astrofotografia, comunique a astrofotógrafos amadores experientes a sua desconfiança. Aconselho fazer isso via mensagem privada para evitar constrangimentos antes que as dúvidas sejam sanadas. Um astrofotógrafo mais experiênte vai ter mais facilidade de identificar um fraudador, talvez até já tenha conhecimento do fato.
  • - Veja se o susposto astrofotógrafo faz parte das principais comunicades de astrofotografia da internet, seja no Facebook ou no Astrobin. Caso ele não esteja nos principais grupos de astronomia ou astrofotografia, pode ser que tenha sido banido de lá. Mas cuidado, não confunda estes fraudadores com alguns dos astrofotógrafos amadores mais respeitados. Muitos astrofotógrafos que já faziam imagens fantásticas antes de surgirem as redes sociais, não participam destes grupos. Mas pergunte sobre eles para os moderadores destes grupos, que eles provavelmente sabem quem são os melhores astrofotógrafos brasileiros.
As dicas acims não vão fazer você identificar toda fraude em astrofotografia, mas são regras que sigo. É uma pena que tenha que ser assim. Mas é o que sempre digo, a variabilidade é a maravilha e a miséria da espécie humana. E onde encontramos maravilhas, sempre haverá um pouco de miséria.

12 comentários:

  1. Excelente post. No grupo do Facebook Astrofotografia Amadora já soube de ao menos três casos de fraude, inclusive o aqui relatado (que recentemente pediu desculpas mas sem admitir o "erro"). Sinceramente, não entendo como alguém que faz isso, especialmente as fraudes mais simples, consegue achar que não vai ser descoberto.

    Mas senti falta de uma coisa no seu texto: o uso do photoshop e afins.
    Até que ponto a imagem deixa de ser uma expressão da captura, e começa a ser fraude?
    Acredito ser normal vc fazer correção de níveis e curvas, balancear cores, usar alguns filtros para ruído, nitidez, tirar vinhetagem, processar em camadas nos objetos que estouram luz facilmente (como m31 e m42), etc. Mas qual o limite?

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Samuel! Quanto a questão do Photoshop, essa é muito mais polémica e certamente merece um post inteiro somente para o assunto. O que diferencia o caso que você mencionou dos citados no post acima é que todos os casos do post são relacionados ao uso de imagens ou dados de um outro astrofotógrafo como sendo seu.

    ResponderExcluir
  3. Me sinto bastante aliviado com este post Rodrigo.
    Tenho visto algumas coisas, principalmente no Facebook que tem me deixado atordoado.
    Como vc sabe sou um "protótipo" de aprendiz de astrofotografia que possui um equipamento que de certa forma já dá para fazer alguma coisa boa para um iniciante e aí encontro colegas com um setup bem inferior ao meu e com imagens absurdamente melhores.
    No início, eu pirava, dizia para mim mesmo, caramba vc tá tentando há tanto tempo e não consegue uma foto decente e estes caras fazendo estas maravilhas!
    Foi quando vi a sua primeira denuncia e comecei a me ater mais atentamente na "produção" destas fotos.
    Você matou a cobra e mostrou o pau e a cobra...rsrsrs...
    Parabéns pela coragem da denuncia.
    Nós que temos você como um dos mestres, agradecemos.

    ResponderExcluir
  4. Sempre dou o crédito a uma imagem de um astrofotógrafo em minhas postagens no: O que ver no céu - astronomia. Temos que enaltecer uma brilhante imagem do céu feita por um astrofotógrafo !

    ResponderExcluir
  5. Caramba Rodrigo , um post sobre o catfish do mundo da astrogotografia( catfish e um programa da mtv onde mostra pessoas Q se apossam de fotos de outras e se fazem passar por elas, criando perfis falsos, tipo, falsidade ideológica na cara dura)

    ResponderExcluir
  6. Rodrigo queria uma dica sua, gosto muito do seu trabalho aqui no blog, me ajuda bastante lendo suas postagens, vou comprar uma DSLR e to na duvida entre Nikon D5300 e Canon T5i, ambas são boas, mais a nikon tem melhor imagem, eles tiraram o filtro OLPF (filtro de passagem baixa) ou low pass algo assim, isso ajudaria nas fotos de Deep Sky? Outra duvida que tenho é sobre as lentes, porque as lentes fixa tipo uma 200mm é melhor que uma 55 - 200mm por exemplo? Desculpe todas as perguntas, mais queria saber a opinião de quem sei que realmente entende do assunto. :)

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Estou entrando aqui para vêr se podes me dar uma ajuda
    Queria alugar os equipamentos E contratar um astrônomo, amador mesmo, para realizar uma festa de aniversário para a minha filha de 9 anos, na roça do meu pai. Seria para agosto. Tenho mto poucas informações na área, existe empresa q presta este " serviço "? Se puder, responda: jairo@salusinstituto.com

    ResponderExcluir
  8. Comprei uma HEQ 5 ... Deve chegar em Julho...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal Nuncius! Suas imagens devem dar um salto de qualidade!

      Excluir
  9. Amigos, Comprei um TELESCÓPIO 150MM GOTO STAR DISCOVERY + BARLOW GSO + NOVO CONTROLE STELLARIUM150 e fiquei decepcionado com o produto. Depois de monta-lo com auxilio do manual que baixei na net, resolvi experimentar ver o ceu da maneira que sempre tive vontade. Aí que veio a decepção. Não vi nada demais. O tamanho da estrela/planeta para a qual apontei nao aumentou praticamente nada, isto usando a lente "23mm 60° Aspheric". Com a outra lente, "10mm 60° Aspheric" , nem consegui localizar a referida estrela. Andei pela web por meses,lendo, analisando, procurando por uma marca boa, e, no final, resolvi comprar este, no lugar do que havia me interessado anteriormente (Telescópio 150mm Refletor Newtoniano Toya Startec Pro RF150STEQ3-5 Short Sky f/5 Black Diamond). Talvez se estivesse escolhido este ultimo seria melhor. Nao acredito que eu tenha feito algo errado, pois a montagem é bem simples e o fiz com relativa facilidade. Será que escolhi mal? Será que montei errado? Não sei. O que sei é que ja o abandonei no canto do meu quarto. Acho que ele vai dar um belo cabideiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Rodrigo, hoje terminei de ler todo seu blog na parte de astrofotografia, cara ajudou bastante, comprei uma DSLR e estou esperando chegar para começar brincar com ela, eu senti falta de algumas tecnicas de processamento, por exemplo como usar o programa Iris para deixar a astrofoto mais bonita e o Ftiswork para colocar cor na astrofoto que seja capiturado com camera monocromatica e fazer o RGB com a DSLR, se possivel disponibiliza no youtube para nos. E o livro, to doido para ver seu trabalho, quero adiquirir um se possivel, parabens pelo trabalho.

      Excluir
  10. Sr. Andolfato. Seu post me ajudou a ser menos crítico comigo mesmo pois não estava conseguindo boas fotos mesmo usando um bom setup. As minhas Astrofotos público entre amigos pois odeio o Facebook. Gosto de estimular colegas que apreciam o hobby a seguir também pela astro fotografia.

    ResponderExcluir

Eu tenho me esforçado para responder todos os comentários, mas posso demorar um pouco, ou mesmo esquecer algum. Por isso, peço paciência e não fiquem constrangidos de me darem um toque, caso eu esteja demorando demais.