sábado, 19 de janeiro de 2013

Noite de Raios e Nebulosas em Brasília

Clique na imagem para ver maior

Ontem foi uma noite rara, em que pela primeira vez eu pude fotografar raios no mesmo momento em que fotografava nebulosas, algo que eu nunca imaginei que aconteceria. O céu estava limpo sobre o meu apartamento, mas a uns vinte quilómetros dali, na direção de Sobradinho, uma tempestade de raios castigava o lugar.

Foi aí que aconteceu o improvável. Enquanto a CCD trabalhava sobre a montagem CG-5GT, com a lente Takumar 135mm, deixei a Canon T2i sobre o muro da varanda fotografando a tempestade, no horizonte. Quando percebi que os raios estavam cessando resolvi dar uma olhada nas imagens e descobri algumas boas fotos, como a que vocês veem no final deste post.

Quanto a CCD, a Atik 314L+, ela estava apontada para a Nebulosa do Cone, tirando vários frames em H-Alpha, OIII e SII. Infelizmente, quando ela captava o nono frame com o filtro de enxofre (SII), o céu nublou completamente. Pra vocês terem idéia, eu tinha feito 30 frames em H-alpha e 20 em OIII. Apesar disso acho que o resultado final da imagem ficou bem interessante, mesmo com problemas de alinhamento e foco.

Deixo aqui também uma foto que acho que vocês vão achar bem legal. Sou eu com o "telescópio" e câmera usados para fazer a imagem acima, uma lente Pentax Takumar 135mm e a Atik 314L+. Reparem como o conjunto é extremamente compacto e também leve. Muitos astrofotógrafos ao verem a imagem acima devem pensar que ela foi feita com um grande telescópio e ficariam impressionados ao verem que ela saiu do minúsculo conjunto que carrego na foto abaixo.

Eu com meu telescópio, câmera e buscadora.
Deixo claro de que não trata-se de um conjunto barato. A câmera custou 1550 dólares. A lente foi 500 reais somente por que é uma lente usada antiga comprada no mercado livre, se fosse nova seria várias vezes mais cara. E os filtros usados para produzir a imagem somaram cerca de 500 dólares, o que também não é nada barato. Mas devo mencionar que de forma alguma foi mais caro do que um equipamento maior com a mesma capacidade, já que o minúsculo aqui é o telescópio, que foi trocado por uma lente. É claro que um telescópio daria mais aumento e mostraria mais detalhes, mas o campo seria uma fração do que aparece na imagem acima. 

Notem também que um laser pointer está como buscadora. Esta solução, diga-se de passagem, mostrou-se maravilhosa para conseguir colocar os objetos no campo da câmera. Antes de usar este recurso, eu levei mais de uma hora para conseguir achar a Nebulosa da Roseta em outro dia. Também reparem que o laser pointer está preso ao dovetail por fita durex. Quem me conhece já está acostumado a saber que toda a minha engenharia se limita ao uso de fita, superBonder ou durepox, rsss.


Enquanto eu me ocupava com a CCD, a Canon estava largada no alpendre fotografando essa bela tempestade.

8 comentários:

  1. Caramba! Belíssimas fotos! Parabéns (:

    ResponderExcluir
  2. Que espetacular essa foto Rodrigo, confesso que não tinha visto uma assim ainda.
    Sabe que essa nuvem acima do primeiro raio lembra um pouco daquelas naves alienígenas surgindo no filme Independence Day rss... fui longe héin.
    Muito boa foto, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Eldio, realmente a imagem parece uma nave atacando a terra com seus raios elétricos! rss

      Excluir
  3. Seu comentário acima sobre esse "canhão" em sua mão dá água na boca viu Rodrigo rsss... ficou muito mais compacto e prático e justo pra alguém como vc que sabe lidar com me parece qualquer tipo de equipamento sem dúvidas nenhuma todos estão esperando nada mais do que isto que estamos vendo, belíssimas imagens. Obrigado e parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Eldio, eu não vejo a hora dessas chuvas sumirem para a brincadeira começar pra valer. se bem que vou sentir falta dos raios. E você já está com um projeto astrofotógrafico?

      Excluir
  4. Legal mesmo Rodrigo, muita imagem para tão pouca abertura. É o James Bond Scope!
    Abraços,
    Luiz Duczmal

    ResponderExcluir

Eu tenho me esforçado para responder todos os comentários, mas posso demorar um pouco, ou mesmo esquecer algum. Por isso, peço paciência e não fiquem constrangidos de me darem um toque, caso eu esteja demorando demais.